A missão

A partir de 2010, ainda como um monge, vivi viajando entre a Índia para aprender e viagens ao exterior para ensinar. 

Auditório da Rádio Mundial na Avenida Paulista

Neste período transmiti meus conhecimentos para muitas pessoas em vários cursos, palestras e orientações individuais auxiliando muitos a saírem da Roda de Sofrimento e obterem a paz emocional.

Em entrevista à TV

Nesta época fui entrevistado porTVs, rádios, jornais e comecei a viajar vários países e realizar palestras ao longo do globo: Índia, Nepal, Alemanha, Suíça, Holanda, República Tcheca, Brasil, etc.

Praga, República Tcheca

Ensinando para o ocidental, amadureci a percepção sobre a melhor forma de compartilhar este conhecimento nos tempos modernos. 

Satsang em Ilhabela-SP

Então criei um curso de autogestão emocional chamado Inner Management (Gerenciamento Interior),  onde eu transmitia o conhecimento dos antigos Mahasiddhas em uma linguagem secularizada. Mas depois de alguns anos não pude mais usar este nome legalmente pois um outro Guru indiano registrou o mesmo termo.

Sendo entrevistado na Rádio Mundial

O que criei foi um método educacional para ensinar o básico sobre o autoconhecimento preparando as pessoas para o conhecimento mais profundo dentro de um modelo ocidental de ensino.

Iniciação para o maior Mestre de Yoga da Argentina

Então concluí que este ensinamento não pode ficar confinado apenas aos sadhus e que pode ajudar pessoas de qualquer religião, ou de nenhuma, a sair lidar com o sofrimento emocional.

Ensinando  o vencedor do Big Brother Brasil 10

É muito difícil um sadhu ter uma linguagem que acesse o ocidental comum que trabalha, estuda e tem uma vida (e uma mente) totalmente moderna e ocidentalizada. 

Ministrando um Café Filosófico num Sebo

Darshan na Alemanha

Tentando aprender como levar o conhecimento extremamente fechado do Tantra aos ocidentais, pois na Índia isto é algo reservado apenas para quem faz os votos de levar uma vida de sadhu.

Ministrando um curso na Alemanha

Aprendi muito e adquiri uma vasta experiência compartilhando no Velho Continente. Mas aprendi que se eu quisesse que a Verdade se espalhasse pelo mundo moderno ocidental eu teria que mudar e buscar um modelo universal de ensino.

Falando para um público ocidental moderno

Ao abandonar a vida de sadhu (sacerdote religioso hindu) , comecei a elaborar um modelo de ensino  sem nenhuma relação com hinduísmo, misticismo ou qualquer outra religião. Porém mantendo a essência do conhecimento que liberta dos sofrimentos emocionais.

palestra sobre autoconhecimento

Embora eu procure respeitar todas as religiões, hoje em dia eu tenho um trabalho ministrando palestras, cursos, retiros e Cafés Filosóficos nos mais diversos locais. Busco utilizar uma linguagem sem nenhum tipo de misticismo, buscando levar a Verdade a todas as pessoas.

Descubra quem é você

Copyright 2020 Rajnath, All Rights Reserved.